O presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva (PT) anunciou na tarde desta terça-feira (13) o nome de Aloizio Mercadante (PT) para presidir o BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social).

Mercadante é um integrante histórico do Partido dos Trabalhadores (PT) e já exerceu os principais cargos políticos do país tendo atuado como ministro no próprio governo Lula.

O anúncio foi feito por Lula no Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB) em Brasília logo após o encerramento dos trabalhos dos grupos de trabalho do gabinete de transição. Lula acredita que a vasta experiência de Mercadante possa retomar o caráter fundamentalmente desenvolvimentista do BNDES.

“Nós precisamos de alguém que pense em desenvolvimento, que pense em reindustrializar esse país, que pense em inovação tecnológico, geração de financiamento ao pequeno, médio e grande empresário para que esse país possa gerar emprego”, disse Lula.

Lula ainda aproveitou sua fala para questionar as oscilações do mercado financeiro a cada anúncio que faz. “E ao mercado, eu queria dizer ao glorioso mercado. Ao tentarem julgar o que estamos fazendo, digam se em algum momento da vida do mercado brasileiro ganhou tanto dinheiro como ganhou quando presidi esse país. Perguntei aos banqueiros. Mas também pergunte aos bancários, aos comerciários, aos que ganham salário mínimo. Porque governamos para todos”, pontuou.

Histórico de Aloizio Mercadante

Aloizio Mercadante é um integrante histórico do Partido dos Trabalhadores (PT) e já exerceu a maior parte dos mandatos e cargos mais importantes do regime político brasileiro. Foi deputado federal por duas vezes (1991-1995 e 199-2003), senador da República (2003-2011), ministro da Ciência, Tecnologia e Inovação (2011-2012), ministro da Educação (2012-2014 e 2015-2016) e ministro-chefe da Casa Civil (2014-2015), além de ter sido candidato ao governo do estado de São Paulo em 2010 e presidente da Fundação Perseu Abramo, a ala acadêmica do PT.

Secretário-executivo de Haddad

Nesta terça, Fernando Haddad, ministro da Fazenda do governo Lula, anunciou o economista Gabriel Galípolo para o cargo de secretário-executivo do Ministério da Fazenda, número 2 da pasta.

Ex-presidente do banco Fator, o economista é próximo de Haddad e, também, de Lula. Inclusive, já participou, junto com o ministro, de reunião com Paulo Guedes, nesta terça-feira (13).

Com informações da Revista Fórum

Leia mais:

https://midia.ninja/news/lula-chora-e-diz-que-3a-diplomacao-sera-em-nome-da-dignidade-do-povo-brasileiro/

https://midia.ninja/news/lula-anuncia-fernando-haddad-na-fazenda-e-flavio-dino-na-seguranca/

https://midia.ninja/news/grupos-de-transicao-concluem-relatorio-com-diagnostico-preocupante-deixado-por-bolsonaro/